Borracha



Uma das árvores produtoras de borracha é a seringueira Hevea brasiliensis, da família das Euphorbiáceas, originária da Amazônia. A borracha é uma substância NATURAL ou sintética que se caracteriza por sua elasticidade, repelência à água e resistência elétrica. 

Conhecida desde o período colonial, a borracha da seringueira da Amazônia só começou a ser exportada NO séc. XIX, adquirindo importância econômica. Apesar disso, os índios da região amazônica há muito a usavam. Os altos preços da borracha NO mercado mundial, o monopólio brasileiro fez de Manaus e Belém capitais prósperas O ciclo da borracha, com o desbravamento da Amazônia por nordestinos e índios, foi o primeiro grande empreendimento levado a efeito NO Brasil sem o auxílio do braço escravo. 

Cartazes estimulavam a ida de famílias que fugiam da seca em busca de riqueza e honra, para a floresta amazônica, na maioria nordestinos. Iam de caminhões, em vagões de trem de carga, na terceira classe de um navio até o Amazonas. A viagem do exército da borracha podia demorar mais de três meses, incluindo aí paradas à espera de transporte. 

A propaganda dirigida e veiculada nos meios de comunicação trazia muitas promessas. "Tudo pela Vitória", "Terra da Fortuna", eram AS palavras de ordem. Mas o dinheiro que conseguiam era pouco e só dava para voltar ao Nordeste uma única vez, para rever a família. 

Uma Comissão Parlamentar de Inquérito foi criada para apurar a situação dos trabalhadores enviados à Amazônia NO período de 1942 a 1945. A CPI da Borracha foi dissolvida sem conclusão. Com o fim da guerra e a fabricação da borracha sintética, a extração descontrolada de látex era dispensável e os aliados não precisavam mais do Brasil, muito menos dos soldados da borracha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário